FedEx Divulga Relatório de Cidadania Global de 2014

Cerca de 380 milhões de litros de combustível para aeronaves foram poupados em 2014

gcr-image.jpg

SÃO PAULO, 13 de abril de 2015 — A FedEx Corp. (NYSE: FDX) anuncia a publicação on-line de seu Relatório de Cidadania Global (RCG) de 2014. Em sua sétima edição anual, o RCG reporta os esforços empreendidos pela empresa para conectar o mundo de maneira responsável e criativa.

Entre as realizações mais notáveis detalhadas no RCG deste ano está o expressivo avanço da FedEx em seu compromisso de reduzir seu impacto ambiental. A empresa economizou quase 380 milhões de litros de combustível para aeronaves, evitando a emissão de mais de 976.000 toneladas de carbono. Essa conquista foi fruto do programa FedEx® Fuel Sense e do programa de modernização de aeronaves da empresa. Desde 2007, as iniciativas Fuel Sense já pouparam quase 1,25 bilhão de litros de combustível para aeronaves, o equivalente a 500 piscinas olímpicas cheias.

“O que se vê neste relatório é uma prova do extenso trabalho de mais de 325.000 colaboradores em todo o mundo”, disse o vice-presidente de Assuntos Ambientais e Sustentabilidade da FedEx Corp., Mitch Jackson. “Conectamos pessoas e possibilidades em seis continentes e trabalhamos para que isso seja feito de forma responsável e criativa. Seja reduzindo as emissões, melhorando a segurança de pedestres e estradas, ou usando nossa expertise logística para ajudar outras pessoas em situações de desastre, nossa meta é entregar um futuro mais promissor e conectar pessoas a mercados e economias florescentes.”

A FedEx conecta mais de 90% do PIB mundial e está presente em 220 países e territórios. Conforme representado em seu logo, a empresa move possibilidades e aplica esse conceito aos seus esforços em prol do desenvolvimento econômico, o meio ambiente, as comunidades e as pessoas.

Brasil:

No Brasil, a FedEx substituiu mais de 450 veículos por modelos mais eficientes, contribuindo de forma significativa e relevante para reduzir o impacto ambiental do setor de transportes. As rotas de entrega foram cuidadosamente calculadas para otimizar o uso dos veículos e reduzir o consumo de combustível.

Além disso, a FedEx trouxe seis veículos elétricos para o Brasil, incorporando-os à frota local. A importação de veículos elétricos para a operação brasileira é parte da plataforma mundial de sustentabilidade da FedEx, criada para nortear o compromisso da empresa com o meio ambiente nas comunidades em que atua. Por anos, a empresa tem liderado o desenvolvimento e o teste de tecnologias para combustíveis e energia alternativos. Por exemplo, a FedEx Express vem testando o protótipo do veículo Nissan e-NV200 na Europa, Japão, Singapura e Brasil.

O Brasil participa também de outros projetos globais, como o desenvolvimento de um manual de segurança para motoristas, em formato de bolso, que será baseado no programa Safety First (Segurança em Primeiro Lugar), desenvolvido em parceria com a Embarq, e no programa de reuso e reciclagem de materiais da Fedex. Segundo os dados coletados na América do Norte, Colômbia e Brasil, a FedEx enviou para reciclagem 69% de 213.886 toneladas de resíduos sólidos. Os resíduos mais representativos em termos de volume são restos de metal, paletes de madeira, plástico, papelão e papel, bem como latas de alumínio e garrafas de plástico e vidro consumidos por nossos colaboradores.

No ano passado, a FedEx firmou uma parceira com a Central Única das Favelas (CUFA) para inaugurar um centro esportivo e cultural no Rio de Janeiro. O centro é um ponto de encontro e um recurso para os moradores das mais de 280 favelas da cidade, onde eles podem se reunir e participar de uma série de atividades educacionais e recreativas. Além dessa iniciativa, a FedEx e o Instituto Brasil-Estados Unidos (IBEU), com o apoio do Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro, estão oferecendo cursos de inglês para estudantes de 14 a 18 anos.

Segundo Guilherme Gatti, diretor de Marketing e Comunicação Corporativa da FedEx Express para a divisão América Latina e Caribe, ações como a substituição de veículos, a incorporação de carros elétricos à frota local e a parceria com a CUFA e as comunidades locais mostram o comprometimento da empresa com o Brasil.

“Estamos muito preocupados com como a FedEx pode ajudar a promover o progresso social e ambiental do país, testando novas tecnologias, reduzindo nossa emissão de carbono e oferecendo uma formação adequada por meio da educação e do esporte”, disse Gatti.

Destaques do Relatório de RCG deste ano:

Desenvolvimento Econômico

No ano fiscal de 2014, a receita da FedEx cresceu 3% e sua margem operacional subiu para 7,6%. Essa atividade econômica cria riqueza e oportunidade para uma ampla gama de stakeholders. Em 10 anos de parceria, a FedEx e o Serviço Comercial dos Estados Unidos ajudaram a levar treinamento comercial a mais de 72.000 empresas. A FedEx também despendeu US$ 6,5 bilhões com fornecedores que trazem diversidade à sua cadeia de suprimentos, como micro e pequenas empresas, e empresas pertencentes a minorias e mulheres.

Meio Ambiente

A FedEx Express aumentou a eficiência energética de seus veículos em 2,5%, totalizando uma melhora acumulada de 29,5% desde 2005. Visto que a meta de melhoria de 30% até 2020 já foi quase alcançada, a empresa espera superá-la e revê-la em 2015. A FedEx também inaugurou duas novas unidades com geração local de energia solar; com isso, o número total de instalações do gênero já chega a onze. Juntas, as unidades que produzem energia solar já geraram mais de 8 milhões de kWh de eletricidade, evitando a emissão de 3.145 toneladas de carbono. Em 2014, a FedEx foi reconhecida novamente como uma das 25 empresas que mais geram energia solar nos Estados Unidos.

Comunidade
A FedEx doou sua malha e expertise logística para ajudar a levar mais de 140 paletes de suprimentos médicos vitais até a África Ocidental, usados no combate ao recente surto de ebola. No total, a FedEx doou a remessa mais de 3 milhões de quilos (6,7 milhões de libras) de suprimentos e mais de US$ 45 milhões para fins filantrópicos.

Pessoas

A FedEx esteve novamente na lista das “Empresas Mais Admiradas do Mundo” da FORTUNE em 2014. A FedEx tem ficado entre as 20 primeiras da lista – que avalia o desempenho financeiro e a reputação corporativa das empresas – desde 2001. Em 2014, a FedEx esteve também na lista das “40 Melhores Empresas para a Diversidade” da Revista Black Enterprise.

Este ano, a FedEx realizou uma robusta análise de materialidade com stakeholders internos e externos para ajudar a refinar sua estratégia de cidadania global e garantir que ela continue abordando áreas de máximo impacto. Os resultados da avaliação reconfirmaram a estratégia atual; entretanto, a FedEx planeja rever novamente as questões no ano que vem para ter certeza de que a empresa está mensurando e gerenciando o que mais importa e o que move as possibilidades.